360 Metros Quadrados

2012 - work in progress

Fotografias realizadas em película instantânea - Polaroid 55

Impressas em papel revestido de baryta

Dimensões variáveis

100x130 cm, 60x80 c, e 40x50 cm

Edição de 5 exemplares para cada formato

Uma viagem minúscula em proporções geográficas, mas profunda em significados, dentro dos limites de um terreno residencial na periferia de uma grande cidade brasileira.

No desenvolvimento desta série, que flui na contra corrente da fotografia de viagens, uma referência óbvia, os deslocamentos físicos são ínfimos, mas as escalas usadas nas representações de objetos em tomadas diretas, mas com significados obtusos, sugerem uma intensa preocupação com o mundo contemporâneo.

Nossa situação como habitantes do mundo contemporâneo, de cada esfera extra muro, a regional, a estadual, a nacional, e claro a global, penetra este universo íntimo e se faz imprimir nos velhos e já extintos negativos instantâneos de 4x5 polegadas.

360 Metros Quadrados é o registro de uma tentativa de construção de meu mundo particular, ficcional mas verossímil, que se desenvolve segundo com meus instintos e influências vindos da história da arte, da fotografia, da geografia e do noticiário, ora completamente sob controle, ora por vontade própria de sua natureza já viva e reflexiva ao mundo exterior.

quaibranly.jpg
Resto