Ossos

2017 | Em desenvolvimento

Galhos de árvores nativas do cerrado encontrados no chão.

Seccionados e reproduzidos em bronze pelo método de cera perdida com oxidação por ácido.

Uma coleção - que se pretende mais perene que a própria natureza - para que um dia poderá servir como uma arqueologia de uma biodiversidade arruinada pelo homem contemporâneo.

Pesquisa iniciada durante viagens de campo para a série Madeira de Lei, com galhos de algumas árvores encontradas nos campos de eucalipto visitados.

Pau Terra #1, 2017

Fundição em bronze - 105x19x28 cm - Diametro entre 5 e 9,5 cm

Edição de 3

Pequizeiro #1, 2017

Fundição em bronze - 89x17x24 cm - diâmetro entre 8 e 9 cm

Edição de 3

Sucupira #1, 2017

Fundição em bronze - 90x27x23 cm - Diametro  entre 4 e 5,5 cm

Edição de 3

Vinhático #1, 2017

Fundição em bronze - 36x10x8 cm - diâmetro entre 4 e 3 cm

Edição de 3